top of page
Image by Andrew Neel

ENSAIOS

de escrita, culinária, economia e finanças, bem-estar e reflexões sobre parentalidade

  • Foto do escritorJuliana Machado

O amanhã é pra já!



Quando eu fizer 18 anos eu resolvo isso.

Quando eu entrar na faculdade eu lido com isso.

Quando eu sair da faculdade eu penso nisso.

Quando eu conseguir um emprego eu cuido disso.

Quando eu conseguir um emprego melhor eu me cuido.

Quando eu tiver um namorado eu vou me sentir melhor.

Quando eu casar eu vou ser feliz.

Quando eu tiver filhos eu estarei completa.

Quando eu criar meus filhos eu cuidarei de mim.

Mais tarde eu vejo a saúde, depois eu corro atrás dos meus sonhos, amanhã eu penso em um hobby, em seguida eu descanso e só aí eu relaxo...


Nunca é hoje... o agora é assustador na sua concretude...


Todo fim de ano me traz a possibilidade de refletir nas minhas escolhas passadas e futuras.

Nem sempre é doce e nunca é fácil. 2022 foi um professor bem severo, nem precisava tanto, mas aprendi demais nele, sobretudo sobre a minha essência, e por isso sou grata.

E, embora eu não tenha cumprido todas as metas de 2022 e a lista esteja bem comprida para 2023, sigo traçando objetivos, na esperança agora de não adiar tanto a mim mesma, de não aguardar tanto o amanhã ou o que não depende de mim para ser feliz, de não me perder de quem eu sou para atender às demandas sociais.


Não tenho pressa em alcançar o destino, mas tenho sempre uma urgência em começar a caminhada. Tanto que por aqui 2023 já começou – listinha feita, vamos atrás de ser feliz já!


E você, já fez sua lista para 2023?

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Let me go

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page